Follow by Email

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

A batalha das compras


Encontrar os produtos recomendados pelos veterinários foi uma das maiores dificuldades. As próprias clínicas têm pouca informação nesse sentido. Uma dica útil seria que os consultórios e clínicas tivessem uma lista de locais onde se pode encontrar o que eles recomendam. Bati muito a cabeça pra lá e pra cá, foram muitas mensagens no facebook para conseguir encontrar os locais corretos e os melhores produtos.

A primeira dificuldade foi a seringa. Nas farmácias e pet shops encontram-se, no máximo, seringas de 20 ml e eu procurava uma de 60 ml. Afinal, a cada extração de urina com sonda e seringa eram por volta de 200 ml. Isso significa dez puxadas com uma seringa de 20 ml, enquanto que com uma de 60 eram três. Bem menos traumático para o cão e menos trabalhoso para mim.

Uma amiga conseguiu duas seringas em um hospital veterinário para mim.  Mas ainda persistia o problema da sonda. Onde comprar? Procurei muito na internet e encontrei apenas uma loja em Belo Horizonte e outra no Rio de Janeiro. Levava pelo menos uma semana para o produto chegar, sendo que no meu estoque havia apenas duas.

Só depois descobri por que motivo nos sites de produtos veterinários encontram-se sondas para gatos e para cavalos e dificilmente para cães. Porque cães usam sonda humana. Eu estava procurando no lugar errado. Até que mudei o foco para lojas de material cirúrgico para humanos e encontrei boa parte do que eu precisava. As seringas de 60 ml por R$ 5, as luvas (100 unidades por R$ 15), as sondas (pacote de 50 unidades por R$ 25) e fraldas. Sim, porque depois de alguns dias ele passou a trocar gradativamente a sonda pela fraldas, vou colocar um post específico sobre essa alegria e alívio para nós dois.

As fraldas foram um problemão porque eu não sabia o tamanho, nem das caninas e nem das humanas que pudessem substituir. Arrisquei uns três modelos e tamanhos diferentes até chegar ao ideal: fralda canina para macho tamanho G e fralda geriátrica tamanho P. As luvas, o ideal são as de vinil pois são mais baratas.
Essa maratona me levou a três grandes aprendizados:

O primeiro é que as lojas de produtos cirúrgicos para humanos merecem muita atenção. Elas estão muito mais bem equipadas para situações como essas que os pet shops.

O segundo é procure os produtos em locais especializados. Farmácias e mesmo o que pode ser encontrado nas pet shops são bem mais caros. As compras em quantidade valem a pena.

O terceiro é que a grande maioria das clínicas veterinárias perde uma boa oportunidade de dar um atendimento a mais para seus clientes. A falta de orientação sobre as compras é muito grande. Desperdiça-se muito tempo procurando aqui e acolá. Fica a sugestão para as clínicas terem uma listinha de fornecedores ou sites para ajudar seus clientes. A confusão na vida é muito grande nessas horas e evitar esse trabalho adicional ajuda muito os donos.

2 comentários:

  1. Olá Karen, tudo bem?
    Vejo que o Anubis esta com uma carinha muito linda, ele é muito gracinha!! Fico feliz em saber que ele esta fazendo xixi na fralda! Conheci, atravez do face um principe, assim como o Anubis, que chama Jacob, ele vive na Bahia, que teve cinomose quando bebe, e fico tetraplegico, nao latia, só ficava deitado, hoje ele tem 2 anos e faz fisioterapia e acupuntura, muito lindo, ele voltou a latir e ate anda na cadeira de rodas!! Se vc quiser conhecer a estoria dele no face ele está Jacob-o amor tambem cura!!
    Um bjao,
    Gislene

    ResponderExcluir
  2. Oi Gislene, desculpe a demora no retorno. Ele tem evoluído apesar de voltar a andar é algo não cogitado. O carrinho deve chegar semana que vem. Vou sim ver a história do Jacob. Hoje estou colocando mais um post. bjs

    ResponderExcluir